IADIG - Iguaba Grande

Super tufão Haiyan deixa um rastro de detruição e mais de 3.600 mortos nas Filipinas.

16-11-2013 11:59

O super tufão Haiyan deixou mais de 3.600 mortos nas Filipinas país do sudeste asiático cujo a capital é Manila e a população total é de 96 milhões de habitantes.

Milhares estão desabrigados, sem comida e água potável.

Depois de vários dias, centenas de equipes internacionais de ajuda armaram hospitais de campanha e distribuem suprimentos, enquanto helicópteros de um porta-aviões dos Estados Unidos levam remédios e água a regiões remotas arrasadas pelo tufão de uma semana atrás.

"Há uma mudança na velocidade da resposta. Posso ver que a ajuda internacional está chegando aqui", disse o capitão Victoriano Sambale, um médico militar filipino que desde sábado vem tratando pacientes em uma sala cheia de sujeira e detritos. "No primeiro dia nós tratamos de mais de 600 pacientes. No segundo, tivemos mais de 700. No terceiro, perdemos a conta."

O presidente Benigno Aquino, pego de surpresa pela escala do desastre, tem sido criticado pela lentidão na distribuição da ajuda e falta de precisão nas estimativas de vítimas, especialmente em Tacloban, capital da província de Leyte, a mais afetada.

Lembrando aos irmãos em cristo que as Filipinas se localiza dentro da janela 10/40 de países que ainda não foram totalmente evangelizados.

Oremos para que o Senhor JESUS ajude e conforte os sobreviventes.

*parte da matéria foi retirada do site www.estadao.com.br/internacional

 

Voltar

Procurar no site

Pr.Reynaldo Aécio Bonfim © 2010 Todos os direitos reservados.