IADIG - Iguaba Grande

A samambaia e o bambu

19-11-2010 09:55

Certo dia, decidi dar-me por vencido. Renunciei ao meu trabalho, às minhas relações e à minha fé. Resolvi desistir até da minha vida. Dirigi-me ao bosque para ter uma última conversa com Deus. "Deus", eu disse, "O Senhor poderia me dar uma boa raão para eu não entregar os pontos?"

Sua resposta me surpreendeu: "Olha em redor. Você está vendo a samambaia e o bambu?"

"Sim, estou vendo", repondi. "Pois bem, quando eu semeei as samambaias e o bambu, cuidei deles muito bem. Não lhes deixei faltarem luz e água. A samambaia cresceu rapidamente. Seu verde bilhante cobria o solo. Porém, da semente do bambu nada saia. Apesar disso, eu não desisti. No segundo ano, a samambaiacresceu ainda mais brilhante e viçosa. E, novamente, da semente do bambu, nada apareceu.

Mas, eu não desisti do bambu. No terceiro ano, no quarto, a mesma coisa. Mas, no quinto ano, um pequeno broto saiu da terra. Aparentemente, em comparação com a samembaia, era muito pequeno, até isignificante. Seis meses depois, o bambu cresceu mais de 50 metros de altura.

Ele ficara 5 anos fundando raízes. Aquelas raízes o tornaram forte e lhe deram o necessário para sobreviver. A nenhuma de minhas criaturas eu faria um  desafio que elas não pudessem superar".     E, olhando bem no meu íntimo, disse: "Você sabia que durante todo esse tempo em que vem lutando, na verdade, eu estava criando raízes? Eu jamais desistiria do bambu. Nunca desisti de ti. Não se compare com outros. O bambu foi criado com uma finalidade diferente da samambaia, mas ambos eram necessariios para fazer do bosque um lugar bonito. Seu tempo vai chegar", disse-me Deus.

" Você crecerá muito!"

"Quanto tenho de crescer?", perguntei. 

"Tão alto como o bambu", foi a resposta.

E eu deduzi: tão alto quanto puder.

Espero que estas palavras possam ajudá-lo a entender que Deus nunca desistirá de você.

Voltar

Procurar no site

Pr.Reynaldo Aécio Bonfim © 2010 Todos os direitos reservados.